Qual a diferença entre Doença de Alzheimer e Demência Vascular?

A doença de Alzheimer é o tipo mais frequente de demência, acometendo 1,2 milhões de brasileiros, segundo a Associação Brasileira de Alzheimer. Apesar de associadas e bastante confundidas, ter Demência não é sinônimo de ter Alzheimer e por isso é fundamental o acompanhamento de um médico para obter um diagnóstico preciso e iniciar o tratamento tão logo possível. Neste artigo, o time SeniorOnline irá explicitar as principais diferenças entre tais patologias e apresentar, inclusive, uma outra variação da Demência, conhecida como Demência Vascular. Vamos conferir?

São distúrbios neurodegenerativos semelhantes, mas há diferenças.

A Doença de Alzheimer é um distúrbio neurodegenerativo progressivo, responsável por deteriorar gradualmente as funções cerebrais e, portanto, reduzir células e conexões nervosas. Essa patologia é manifestada na área do cérebro responsável por aprender informações novas e criar memórias. Isso explica o motivo de as pessoas se lembrarem do que ocorreu há 50 anos atrás, mas tem dificuldade de lembrar questões recentes.

Além da demência decorrente do Alzheimer, há outros tipos, entre eles a Demência Vascular, comprometimento cognitivo causado por doenças cerebrovasculares ou comprometimento do fluxo sanguíneo cerebral. O evento vascular mais associado à demência é o AVC, que é a segunda causa mais frequente de síndrome demencial na população idosa, ficando atrás apenas do Alzheimer. No caso da Demência Vascular, observa-se, em geral, instabilidade emocional e declínio cognitivo grave o suficiente a ponto de dificultar a realização de tarefas simples.

Os sintomas da Demência Vascular são, muitas vezes, confundidos com a Doença de Alzheimer, e é uma condição de difícil diagnóstico.

Os sintomas da Demência Vascular dependem da parte do cérebro afetada pela carência de fluxo sanguíneo e podem se sobrepor aos sintomas de outros tipos de demência. A Doença de Alzheimer é caracterizada pelo distúrbio cognitivo relacionado à memória, principalmente a memória episódica; a Demência Vascular, por sua vez, tem maior comprometimento da função executiva e não o aprendizado verbal e recordação.

Para diagnosticar, o médico reúne o máximo de informações possíveis sobre o paciente, de testes cognitivos a histórico e exames de imagem (como ressonância). Além da condição clínica, outras peculiaridades do caso podem ajudar a desvendar o diagnóstico. Se os sintomas ocorrerem após um infarto e deixa sequelas como uma paralisia parcial, por exemplo, o diagnóstico fica bem mais claro.

Não há cura, mas os tratamentos ajudam a melhorar a qualidade de vida do paciente durante a progressão.

No caso do Alzheimer, o tratamento é definido a partir dos sintomas cognitivos e dos sintomas neuropsiquiátricos, além do uso de neuroprotetores ou drogas que visam a reduzir a velocidade de progressão da doença. Já o tratamento da Demência Vascular está muito relacionado com o combate dos fatores de risco (hipertensão arterial, obesidade, colesterol alto, ritmo cardíaco descompassado, etc.) para que novos eventos não ocorram e comprometam ainda mais a estrutura vascular cerebral. Ademais, cuidados especiais como estabelecer rotinas em horários definidos e promover atividades físicas também contribuem no tratamento.

Como uma casa de repouso pode ajudar nos cuidados de um idoso com demência?

As casas de repouso dispõem de profissionais multidisciplinares para proporcionar um cuidado integral ao idoso. Entre as especialidades estão psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, geriatras e enfermeiros, que em conjunto, trabalharão para melhorar a qualidade de vida do idoso e estimular as funções cognitivas de diferentes maneiras para retardar o avanço da demência. As atividades de socialização, como musicoterapia e pintura também podem beneficiar neste momento.

#SaibaMais > É fundamental estar munido de informações para ajudar o idoso a diagnosticar e tratar adequadamente casos de demência.

Você não precisa enfrentar o desafio de cuidar de idosos com demência sozinho(a). Conte com a SeniorOnline e encontre o lugar ideal para o seu familiar!

A SeniorOnline surgiu com o propósito de ajudar e facilitar o delicado momento de encontrar um residencial para Idosos, uma casa de repouso ou um lar para Idosos que ofereça todos os cuidados necessários ao seu familiar. Para obter mais informações, navegue pela nossa plataforma gratuita ou entre em contato conosco. Nossa prioridade é a qualidade da sua experiência ao longo desse processo!

plugins premium WordPress