O tabu das casas de repouso

O tabu das casas de repouso
16 de março de 2020 Senior Online
Em Casas de Repouso, SeniorOnline

Lar para idosos pode garantir mais qualidade de vida; apoio da família é fundamental para acabar com o preconceito e possibilitar ainda mais conforto ao idoso


Ao contrário do que muitos pensam, optar por uma casa de repouso é comum, com o envelhecimento da população. Os idosos podem apresentar dificuldades para realizar tarefas simples do dia a dia, perdem a capacidade funcional e se tornam propensos a quedas e fraturas. Nestes casos, a escolha por um lar para idosos não deve ser vista pelos familiares como uma negligência, e sim uma oportunidade de oferecer uma rotina saudável e estimulante ao idoso.

 

Além de possuir uma equipe multiprofissional, monitoramento 24h e qualidade de estrutura física, os asilos, como são conhecidos, também oferecem atendimentos específicos de acordo com cada necessidade. Idosos que precisam de uma atenção especial, como camas hospitalares, alimentação enteral ou que tenham realizado traqueostomia, por exemplo, podem receber cuidados em tempo integral.

 

Também vale ressaltar que o convívio com outras pessoas da mesma idade é fundamental no combate ao isolamento. Atividades interativas, que estimulem o corpo e a mente e até pequenas “tarefas” diárias são primordiais para a saúde, bem-estar e autoestima do idoso – algo que no ambiente familiar muitas vezes é inviável, deixando-o com uma sensação de solidão mesmo com o apoio constante dos familiares. Seja jogar boliche, bingo, participar de aulas de dança ou simplesmente conversar, ter uma programação ativa é essencial para mantê-lo ativo.

 

Garantir a qualidade de vida da pessoa idosa e tranquilidade para a família deve ser o fator principal na escolha. Além disso, vale destacar que a escolha por uma casa de repouso não impede, em momento algum, o acompanhamento de familiares. Assim, manter uma rotina de visitas regular é indispensável para a adaptação, compreensão e, até mesmo conforto do idoso em sua nova moradia.

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*