Idosos acamados: conheça os principais problemas de saúde que os afetam!

A imobilidade é uma característica comum em algumas doenças, como o Alzheimer em estágio avançado, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e casos de quedas nos quais o idoso fratura um membro e precisa de repouso. No entanto, a permanência prolongada de idosos já fragilizados no leito pode agravar certos quadros ou promover novas e mais graves complicações.

Diante dessa situação, o time da SeniorOnline selecionou os principais problemas de saúde que afetam idosos acamados para que você, familiar, permaneça vigilante. Acompanhe o artigo e siga o nosso perfil nas redes sociais para continuar recebendo orientações de como cuidar de seu ente querido.

Problemas pulmonar

Problemas pulmonares são recorrentes em idosos acamados, pois os longos períodos de imobilidade causam secreções que, eventualmente, transformam-se em pneumonia ou congestão. Para evitar essa situação, a recomendação é realizar fisioterapia respiratória com frequência.

Pressão da coluna espinhal

O repouso prolongado numa mesma posição também pode gerar pressão constante na coluna vertebral e causar dor ao idoso acamado. Por esse motivo, a mudança de decúbito a cada duas horas e o uso de colchão de pressão podem ser grandes aliados.

Perda de apetite

O baixo gasto energético e a ingestão de determinados medicamentos fazem com que os idosos acamados percam o interesse em se alimentar. Nesses casos, é fundamental que o indivíduo seja acompanhado por um nutricionista para avaliar as necessidades específicas do paciente e estimular a ingestão de alimentos mais palatáveis.

Problemas de sono

A falta de mobilidade durante a noite pode deixar o corpo rígido e desconfortável, tornando o sono pesado e interrompido. A dificuldade de dormir e relaxar, consequentemente, pode gerar diversos danos à saúde, haja vista que uma noite de sono adequada é essencial ao funcionamento físico e mental.

Depressão e ansiedade

A falta de atividade física e do convívio social, a perda de apetite e falta de noites de sono adequadas podem gerar depressão e ansiedade em idosos acamados. Ao constatar sintomas característicos, recomenda-se buscar acompanhamento de psiquiatras, psicólogos e terapeutas ocupacionais.

Escaras

As escaras são, sem dúvida, um dos principais problemas das pessoas acamadas. Essas lesões decorrem do rompimento da pele em função da diminuição do fluxo sanguíneo em regiões com ossos salientes, como coxas, calcanhares, joelhos e nádegas.

Mudança de decúbito a cada duas horas, uso de colchão de pressão, correta higienização, boa hidratação da pele, nutrição adequada e oferta abundante de líquidos para manter a hidratação do corpo como um todo são iniciativas extremamente importantes na prevenção, mas quando o idoso já foi afetado, é necessário contar com um atendimento profissional e especializado.

 

Você não precisa enfrentar o desafio de cuidar de idosos acamados sozinho(a). Conte com a SeniorOnline e encontre o lugar ideal para o seu familiar!

A SeniorOnline surgiu com o propósito de ajudar e facilitar o delicado momento de encontrar um residencial para Idosos, uma casa de repouso ou um lar para Idosos que ofereça todos os cuidados necessários ao seu familiar. Para obter mais informações, navegue pela nossa plataforma gratuita ou entre em contato conosco. Nossa prioridade é a qualidade da sua experiência ao longo desse processo!

plugins premium WordPress